morro-dois-irmaos
Minhas viagens

8 dias no Paraíso de Fernando de Noronha!

8 dias no Paraíso de Fernando de Noronha! 
Ah, aquele destino que a gente sempre vê fotos, ouve falar e coloca na lista de sonhos.

 

Morro dois irmãos - Fernando de Noronha
Morro dos dois Irmãos

 

Noronha pra mim também era um sonho e acabei de ticar mais esse item da minha lista que tem muitos destinos aqui do Brasil ainda.

Alias, aqui no blog já tem alguns desse destino (ver outros posts) mas ainda tem muito mais vindo por ai!

Um pouco sobre Noronha:

Fernando de Noronha é um arquipélago formado por 21 ilhas e ilhotas de origem vulcânica, que ocupam uma área de 17 km2.

A população que vive na ilha de Fernando de Noronha gira em torno de 3mil habitantes, isso porque existe um controle bem rigoroso para que esse número não seja ultrapassado.

A Ilha é um Parque Nacional para proteção das espécies endêmicas e área de concentração dos golfinhos rotadores.

Os golfinhos se reúnem diariamente na Baia dos Golfinhos, é o lugar de observação mais regular da espécie no mundo.

Além disso também é um dos lugares mais visitados para o mergulho recreativo, já que suas águas de temperatura quente permite mergulhos á até 50 metros de profundidade.

Em 2001, em função das unidades de conservação, Fernando de Noronha e o Atol das Rocas, foram designados pela UNESCO como Sítio do Patrimônio Marinho,

 

Letreiro de Noronha – Praia do Porto

 

Neste post, você vai saber mais sobre:

  • Como Chegar á Fernando de Noronha;
  • Taxas em Fernando de Noronha;
  • Quando ir á Fernando de Noronha;
  • Onde Ficar em Fernando de Noronha;
  • Meu roteiro de 08 dias em Fernando de Noronha;
  • Dicas e informações finais;

 

Como chegar á Fernando de Noronha:

A única forma de se chegar em Fernando de Noronha é a via aérea, já que atualmente não é permitido cruzeiros e as demais embarcações somente para carga.

Os voos partem de Recife ou Natal pelas cias Gol e Azul, são voos diários que duram em média 1hora.

Aqui já vale a primeira dica de ouro: ao reservar seu voo, procure já reservar seu assento do lado esquerdo.

 

Taxas em Fernando de Noronha:

Para a entrada e permanência na ilha você terá duas taxas obrigatórias:

 

Taxa de preservação de preservação ambiental:

A taxa de preservação ambiental é calculada de acordo com o tempo de permanência na ilha.

Esse tempo poderá ser de no máximo de 30 dias, iniciando com o valor diário de R$ 73,52 e podendo chegar até o limite de R$ 5.183,78 (valores ref. a set/2019):

Para facilitar o cálculo, você pode ver a tabela completa de acordo com o tempo de sua viagem que está disponível em: Taxa de preservação.

Para acessar o formulário e também efetuar o pagamento online você poderá acessar este link.

Lembrando que para preencher o formulário você já deve ter todos os detalhes da viagem definido.

 

Ingresso ao Parque Nacional Marinho

Grande parte dos atrativos da Ilha, como a Praia do Sancho por Exemplo, fica dentro do Parque Nacional.

Para acesso ao parque é obrigatório a compra do Bilhete que tem o valor de R$ 106,00 (brasileiros) e R$ 212,00 (estrangeiros) – ref. set/19.

A compra também poderá ser feita online no site da Parnamar.

 

A carteirinha é emitida somente nos postos de venda, com o comprovante de pagamento.

Maiores informações sobre os ingressos você encontra aqui.

Dicas:

Recomendo efetuar o pagamento principalmente da taxa de preservação online.

Quem faz o processo antecipado tem direito á uma fila diferenciada na chegada no aeroporto de Noronha e assim você evita o tumulto.

Sobre a carteirinha do Parque aconselho fazer no primeiro dia no centro de visitantes e também já verificar sobre o agendamento das trilhas.

Vou falar um pouco mais sobre as trilhas, mas já adianto que algumas são bem procuradas e as vagas se esgotam bem rápido.

 

Quando ir á Fernando de Noronha:

Não existe uma época ideal para ir á Fernando de Noronha.

São duas estações bem definidas que muda a paisagem e atividades que podem ser feitas na ilha:

Chuvosa: De fevereiro á Julho

Seca: de Agosto á Janeiro.

A temperatura média é de 28ºC na terra e 26ºC no mar, sendo os meses de Janeiro á Março os mais quentes.

De dezembro á março é o período que o mar de dentro está mais agitado e Noronha se transforma praticamente num Havaí, território de turistas e badalações.

Já para quem gosta e quer aquele mar piscina, normalmente seria de abril á setembro.

Claro que tudo isso pode variar, já que estamos falando da natureza, mas em geral seria mais ou menos isso para programar melhor sua viagem.

A baixa temporada (para economizar) vai de abril a junho e de outubro ao inicio de dezembro.

Mais uma vista linda de Noronha

Onde ficar em Fernando de Noronha:

A escolha do local para sua hospedagem depende muito das atividades que pretende fazer na ilha e do seu orçamento claro.

As pousadas hoje estão sendo classificadas de acordo com a estrutura oferecida.

Em relação á localização, caso você queira ficar melhor localizado a Vila dos Remédios é a mais indicada, onde seria o centrinho.

Eu fiquei hospedada na Vila dos 30, fica a uns 30 minutos a pé da Vila dos Remédios e tem opções mais acessíveis do que as pousadas no centro.

Não esqueça que dependendo da época escolhida é importante a reserva com bastante antecedência.

 

Meu roteiro de 08 dia em Fernando de Noronha:

Vou deixar aqui pra vocês meu roteiro dia-a-dia.

Foram 8 dias, mas teria muita coisa pra fazer ainda, a ilha é pequena mas muito rica em atividades e natureza.

 

Dia 01

  • Chegada;
  • Praias Urbanas (Praia do cachorro, praia do meio e Praia da conceição);
  • Por-do-sol (Praia da Conceição);
  • Jantar

 

Dia 02

  • Café da manhã;
  • Passeio de dia inteiro – Ilha Tour

É super indicado fazer o passeio do Ilha tour no seu primeiro dia na Ilha.

Você tem uma visão geral de toda a ilha e caso queira e caiba no seu roteiro, voltar para aproveitar com mais tempo.

Fizemos o passeio com a Noronha Passeios, nosso guia foi o Frankin que durante o passeio vai contando sobre a história da ilha.

Aliás você sabia que Fernando de Noronha no passado era um presídio?

Sim! e grande parte da ilha foi construída pelos presos.

É engraçado pensar que um lugar hoje tão disputado para ser visitado já foi o castigo para criminosos, achei esse fato bem interessante e é o verdadeiro sentido do ditado: “O mundo da voltas”.

 

Sobre o Ilha tour:

É um passeio por toda a ilha realizado por carro do tipo 4×4, com acesso às principais praias, pontos históricos, incríveis mirantes, também é realizada parada para banhos e mergulho livre, terminando com um belo pôr do sol.

Pontos visitados no Ilha tour;

  • Encontro Mar de Dentro e Mar de Fora;
  • Praia do Porto;
  • Capela de São Pedro;
  • Enseada dos Tubarões;
  • Buraco da Raquel;
  • Museu dos Tubarões;
  • Praias: do Leão, do Sueste (onde fizemos o mergulho com snorkel) e do Sancho;
  • Mirantes: Morro dois irmãos, Cacimba do Padre e Baia dos Porcos;
  • Por-do-sol no Mirante do Boldró.

Dia 03

  • Dia livre, fizemos as praias urbanas:
  • Cachorro (buraco do galego);
  • Meio;
  • Conceição;
  • Por-do-sol ;
Buraco do Galego

 

Dia 04

  • Passeio de canoa havaiana ao amanhecer
  • Passeio de Barco entardecer com planasub

Dois passeios imperdíveis em Noronha.

O passeio de canoa havaiana, fizemos com a Noronhavaa. Neste passeio existem grandes chances de ver os golfinhos.

 

Sobre o passeio de Canoa:

Antes de iniciar o passeio eles explicam como será o roteiro e dão todas as instruções de como remar em equipe.

O percurso que tem 4 km, passa pelo Air France, Rugido do Leão, Praia do Cachorro, Praia do Meio e Conceição.

Parada pra banho/mergulho (eles emprestam o equipamento caso você não tenha sem custo).

 
Sobre o passeio de Barco com planasub:

Esse passeio também fizemos com a Noronha Passeios.

O barco sai do Porto de Santo Antônio e já inicia com a atividade de PLANASUB (também conhecida como PRANCHINHA)

O barco passa próximo as ilhas secundárias e segue costeando as Praias, do Cachorro, Meio, Conceição, Boldró, Americano, Bode, Quixabinha e Cacimba do Padre

O passeio finaliza ao entardecer com um delicioso churrasco á bordo (que está incluso no passeio).

DIA 05

  • Dia livre com aluguel de Bugre;
  • Praias do Sancho, Cacimba do Padre, Baia dos Porcos

Alugar um Bugre e explorar a ilha é sem dúvida um experiência que recomendo, por pelo menos 01 dia.

O valor do aluguel está em torno de R$ 250.00 a R$ 300,00 para até 04 pessoas.

 

Dia 06

  • Trilha Pontinha Caeiras;
  • Almoço;
  • Mergulho com snorkel praia do Porto;
  • Por-do-sol na Praia do Porto.

 

Trilha Pontinha-Caeiras:

Falei um pouco pra vocês sobre o agendamento das trilhas lá no começo, sim, elas são agendadas e algumas bem disputadas.

Os agendamentos são com no máximo 06 dias de antecedência, por isso o conselho de agendar no seu primeiro dia de chegada á ilha.

A trilha Pontinha Caeiras é uma das trilhas que necessita o agendamento prévio e também a contratação do guia para acompanhamento.

O valor para a contratação do guia por pessoa é de R$ 150,00.

Para quem gosta de trilha super recomendo, já que oferece uma paisagem diferente do que se vê nos outros passeios.

 

DIA 07

  • Café da manhã;
  • Trilha Abreus;
  • Batismo – Mergulho de Cilindro;
  • Por-do-sol Forte de Santo Antônio;
  • Jantar

 

Trilha Abreus:

A trilha Abreus não precisa de guia, mas tem um percurso um pouco mais difícil entre as pedras e um trecho de descida através de corda.

A paisagem é linda, com 02 piscinas naturais que podem ser visitadas dependendo da maré e com o equipamento obrigatório.

 

Mergulho de Batismo com cilindro

Depois da emoção de chegar em Fernando de Noronha, sem dúvida o Batismo foi a atividade mais emocionante que fiz em Noronha.

Confesso que estava com insegura, mas a equipe da Mar de Noronha foi sensacional.

Uma experiência muito especial, primeiro mergulho de cilindro e em Noronha, não podia ser melhor.

Fiz o batismo que sai da praia do porto, antes de iniciar são passadas todas as instruções na areia e depois na água para a adaptação.

O mergulho dura em torno de 1 hora e chegamos até o Naufrágio que fica a cerca de 9 metros de profundidade.

É incrível a tranquilidade que vemos lá embaixo, parece que tudo acontece em câmera lenta.

Pra quem vive na correria da cidade grande é até difícil diminuir tanto o ritmo, mas a recompensa é uma sensação enorme de paz e sintonia com a natureza

Recomendo á todos a experiência, vale muito a pena e segue um vídeo com um pouquinho do que foi esse dia:

 

 

DIA 08

  • Café da manhã;
  • Praia da Conceiição;
  • Passeio pelas lojinhas do centro;
  • Volta para Recife.

E chegamos ao último dia dessa incrível viagem, com certeza ninguém sai de Noronha como voltou.

Acho que entendemos um pouco a importância de preservar o meio ambiente, somos parte de um contexto bem maior, mas que muitos ainda não sabem cuidar.

A natureza é perfeita e só temos que cuidar para que ela continue assim, por isso, na minha opinião, Noronha vale cada centavo que pagamos.

 

Dicas e informações finais:

O tempo de voo até Noronha é em média 01 hora, mas considere a diferença de fuso de 01 hora em relação ao horário de Brasília.

 

Equipamentos:

Uma das principais atividades em Noronha são os mergulhos (mesmo com snorkel) porque você vai querer ver a vida marinha que é linda!

Se você tiver equipamentos (mascara, snorkel, colete, nadadeiras) é super recomendado levar, mas caso não tenha você consegue alugar por dia;

O valor do aluguel do kit (máscara com snorkel, nadadeira e colete) é de R$ 30,00 em alguns lugares você consegue alugar para ficar durante o dia todo.

Você também consegue alugar somente 01 dos itens caso precise.

 

Locomoção na ilha:

Opções disponíveis na ilha:

  • Aluguel de Bugre;
  • Ônibus de linha (passa em média a cada 30 minutos e custa R$ 5,00);
  • Transfers e agendamento de passeios;
  • Bike;
  • Andar a pé;
  • Pedir carona (é normal por lá e funciona, pegamos algumas vezes).

 

O que levar:

  • Tênis adequado;
  • Protetor solar,
  • Roupas leves;
  • 01 agasalho, a noite pode esfriar um pouco;
  • Chapéu;
  • Trajes de banho (claro)
  • Chinelo;
  • Óculos escuros;
  • Equipamentos de mergulho;
  • Dinheiro em espécie (a maioria dos lugares tem desconto para pagamento em dinheiro);
  • Equipamentos fotográficos;
  • Repelente;

 

Onde comer:

Os dias eram bem corridos em Noronha e geralmente só rolava 01 refeição por dia, mas vou deixar aqui alguns lugares que fui e gostei:

Espero que tenham gostado do post, tentei deixar bem completo, mas caso tenham alguma dúvida podem entrar em contato por aqui ou também no Instagram do blog, lá também tem bastante conteúdo.

Um agradecimento especial á todos os parceiros citados nesta publicação e aos amigos Aline e Daniel que fizeram desta trip ainda mais especial.

Aguardo os comentários de vocês aqui, Até o próximo post!

See you!

Li.

 

 

Adm. de empresas e pós-graduada em gestão de pessoas, após vários anos trabalhando na area adm/financeira, hoje é editora do blog viajando nas delicias da vida e sócia da agencia Elegância Trips. Ama viajar, conhecer novos destinos e escreve no Blog sobre suas viagens, dicas, próximos destinos, shows e demais delicias que a vida pode oferecer.

Deixe uma resposta