Cruzeiros no Brasil
BRASIL

6 dicas para cruzeiros no Brasil!

6 dicas para cruzeiros no Brasil!

Olá viajantes! Você já fez ou pensou em fazer um cruzeiro no Brasil? Neste post vamos falar sobre 6 dicas para cruzeiros no Brasil e que vão ajudar na sua viagem.

Recentemente fui convidada para um seminário a bordo em um cruzeiro no Navio da MSC, o Fantasia.

Um seminário á bordo é uma especie de treinamento, onde os profissionais do turismo podem vivenciar a experiência de viagem como seus passageiros.

Conhecendo as instalações, o atendimento, tirando dúvidas e aprimorando as informações sobre os serviços oferecidos.

Meu embarque no navio aconteceu em Salvador, isso porque o Fantasia estava chegando ao Brasil para a temporada de 2019/2020 vindo da Itália, na saída que chamamos de Travessia.

A Travessia é uma opção muito interessante, tanto na chegada quanto na saída ao Brasil.

Você pode embarcar em uma travessia tanto quando os navios estão chegando para a temporada, quanto quando estão voltando para o país de origem.

As travessias tem uma duração em média de 16 a 19 dias (podendo variar ainda para mais ou para menos de acordo com a rota).

Isso porque aqui no Brasil a temporada de cruzeiros começa geralmente em Novembro e vai até meados de Março/Abril do ano seguinte.

Lembrando que fora do Brasil temos cruzeiros durante o ano todo.

 

 

1. Fazendo as malas para o Cruzeiro:

A hora de fazer as malas é sempre meio complicado né? pelo menos pra mim… (realmente não gosto, deixo sempre pra cima da hora, não façam isso..rs).

Pensando nisso, ai vão alguma dicas sobre o que levar em sua bagagem para o cruzeiro:

Durante o dia:

Os trajes são informais: roupas leves, bermudas, shorts e maiôs.

Lembre-se sempre de ter o cuidado de vestir camiseta ou saída de banho nas áreas internas do navio e usar calçados leves, de preferência com solado de borracha.

Para o jantar:

Os trajes são um pouco mais formais, esporte fino ou vestidos apropriados para a noite.

Nos restaurantes à la carte, no almoço e no jantar, não é permitido a entrada com bermudas, chinelos, minissaias, camisetas regata, etc.

Não esqueça de levar também um casaco leve para a noite e também para as áreas com ar condicionado que podem ficar um pouco mais frio.

A Noite do Comandante é um evento especial, realizado em cruzeiros acima de 4 noites e publicado no Programa do dia à disposição nas cabines.

Nessa noite, é recomendado o traje de gala tanto para homens quanto para as mulheres.

Geralmente as demais noites também são temáticas, como a noite do branco e a de carnaval, mas depende bastante da programação do navio.

Essa programação é entregue sempre pela manhã nos quartos ou em alguns navios, disponibilizada no aplicativo a bordo.

Sobre as bagagens:

O limite máximo de bagagem no navio é de 90 kg (noventa quilos), distribuídos em até 3 malas por cabine, sendo que será permitida apenas 1 bagagem de mão por pessoa, com no máximo as seguintes medidas: 55 x 35 x 25 cm. Todas as bagagens deverão estar devidamente etiquetadas.

As etiquetas são fornecidas na documentação para o checkin que sempre é enviado previamente ao embarque (geralmente 3 dias antes da saída do cruzeiro).

Somente as malas são consideradas como bagagens que podem ser despachadas. Medicamentos, bolsas, sacolas, carrinhos de bebê e quaisquer outros itens pessoais, frágeis ou de valor devem ser transportados como bagagem de mão.

 

Itens proibidos para o embarque nos cruzeiros no Brasil:

  • Bebidas alcoólicas (cerveja, vinho, destilados, champanhe etc.) e não alcoólicas (refrigerantes, sucos etc.);
  • Armas de fogo, faca, tesoura, canivete, armas brancas (soco inglês, tacos, bastões, spray de pimenta etc), algemas, objetos afiados e/ou perfuro cortantes;
  • Aparelhos elétricos ou eletrônicos potencialmente explosivos (aparelho celular Samsung modelo Galaxy Note 7, skate elétrico “hoverboard”, etc);
  • Drone, ferro, chapinhas para cabelos, secadores para cabelos e “babyliss”, aquecedores de mamadeiras e narguilés;
  • Itens explosivos (dinamites etc) e/ou inflamáveis descritos nos rótulos do produto ou assim considerados.

A bagagem, como mencionada,  é despachada no checkin na hora do embarque e entregue em sua cabine, essa entrega pode demorar bastante então uma dica é colocar algumas peças de uso imediato na bagagem de mão.

Geralmente o embarque ocorre a partir das 14h e as malas costumam chegar somente a noite.

Isso ocorre porque todas as bagagens passam pelo raio-x e caso seja encontrado algum item não permitido, o hóspede pode ser chamado para descarte ou o item poderá ficar retido pela segurança.

 

2. Embarque

Como mencionei meu embarque foi em Salvador, cheguei um dia antes e aproveitei para conhecer um pouco mais a cidade fazendo um tour histórico pelo Pelourinho e pelos principais pontos turísticos da capital Baiana.

Aqui fica outra dica, sempre que tiver um embarque fora da sua cidade de origem, chegue pelo menos 01 dia antes, chegar no dia do embarque é bastante arriscado, já que pode acontecer atrasos de voos, ou mesmo em transfers terrestres.

Isso vale para cruzeiros no Brasil e principalmente no exterior, aqueles que você pode combinar com outros roteiros, contem sempre com os imprevistos, lembrando que o planejamento é fundamental sempre.

 

Documentação para o embarque em cruzeiros no Brasil:

  • Hóspedes Brasileiros:

Deverão embarcar com um dos seguintes documentos originais: passaporte (válido até o término da viagem), RG (Carteira de Identidade Civil emitida pela Secretaria de Segurança Pública dos Estados), CREA, CRM, OAB, Carteira de Habilitação, Carteira de Identidade Militar, entre outros documentos de identidade civil válidos em território nacional, desde que o mesmo esteja em bom estado de conservação.

  • Hóspedes Estrangeiros:Hóspedes estrangeiros residentes no Brasil: deverão embarcar com um dos seguintes documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 [seis] meses) ou com o RNE válido (Registro Nacional de Estrangeiros).Hóspedes estrangeiros não residentes no Brasil deverão embarcar com passaporte válido (mínimo de 6 meses) e tarjeta de entrada no Brasil carimbada pela imigração do aeroporto
  • Viagens para Menores de 18 (dezoito) anos:Documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 [seis] meses), RG ou Certidão de Nascimento original. Menores de 18 (dezoito) anos desacompanhados de ambos os pais ou responsável deverão também apresentar obrigatoriamente autorização por escrito do pai ou da mãe com firma reconhecida em cartório, em duas vias, conforme modelo da Empresa disponível no website.

 

Importante: Como irei tratar nesse post somente de cruzeiros no Brasil, essa documentação é somente para estes embarques, caso seu embarque seja para outros destinos você pode tirar sua dúvida entrando em contato pelo e-mail: contato@viajandonasdeliciasdavida.com.br ou clique aqui e envie uma mensagem diretamente via whatsapp.

 

3. O Roteiro:

Uma das vantagens de fazer um cruzeiro é que você tem o conforto de um resort, com sistema de pensão completa (logo mais falo sobre isso), lazer, entretenimento e ainda oportunidade de conhecer outras cidades ou países (no caso de cruzeiros internacionais).

Portanto, escolha seu roteiro de acordo com os lugares que você deseja conhecer, considerando também o tempo que ficará a bordo para finalizá-lo.

Se for o seu primeiro cruzeiro e estiver em dúvida se irá enjoar, por exemplo, que tal começar com um mini-cruzeiro? é uma opção bem interessante para os “marinheiros de primeira viagem” em que já é possível ter uma boa ideia de como seria um cruzeiro maior.

Os mini-cruzeiros geralmente tem uma duração de 2 a 3 noites.

No caso do Fantasia, saindo de Salvador as opções de paradas foram as seguintes:

  • Salvador;
  • Ilheus;
  • Ilha Grande;
  • Rio de Janeiro;
  • Santos.

Como funcionam as paradas:

Todos os dias você receberá a programação diária, onde terão todas as informações das atividades á bordo, inclusive das opções de excursões nos locais de parada.

Na programação entregue diariamente, é informado inclusive o horário que deverá ser regressado ao Navio.

Essa informação é  muito importante, já que é respeitado a risca, caso você não esteja á bordo no horário estipulado, não tem choro nem vela, o navio vai partir com você a bordo ou não.

Por isso é altamente aconselhado que caso você fecha alguma excursão seja com as próprias organizadas pela cia,ou fique bem atento ao horário para não perder a hora.

Em algumas paradas como Ilha Grande por exemplo não existe um Porto com capacidade para receber o navio, o desembarque é feito por pelos próprios botes (Tenders) do navio que também são utilizados em caso de emergência.

Aliás, é obrigatório para todos os hóspedes fazer o treinamento sobre os procedimentos de emergência no dia do embarque.

 

4. Pagamento á Bordo:

Como sabemos, os navios não são brasileiros, então mesmo em cruzeiros no Brasil, a moeda utilizada é o dólar.

A bordo você receberá um cartão de consumo e todas as despesas são lançadas neste cartão.

No cartão de consumo você tem a opção de cadastrar um cartão de crédito internacional (observe bem este detalhe, o cartão deve ser internacional).

Ou você pode ainda fazer o pagamento em reais ou mesmo em dólar no atendimento ao cliente (geralmente disponível a partir da noite anterior ao desembarque).

A forma mais fácil é o cartão de crédito, uma vez ativado na sua conta, você não precisará fazer mais nada, apenas conferir a conta que é entregue na noite anterior ao desembarque na cabine.

Estando tudo certo o valor será lançado diretamente na fatura de seu cartão de crédito.

Optando pelo cartão de crédito, fique atento, pois haverá incidência de impostos sobre os valores, já que se trata de uma compra internacional.

O cambio á bordo geralmente é fixo, e sempre é informado no momento da compra, ele é diferente do cambio turismo ou comercial e não muda.

Lembrando também que existem as lojas dentro do navio onde você pode efetuar compras de acessórios, perfumes, chocolates, bebidas  e outros produtos de diversas marcas internacionais.

As bebidas não são entregues durante o cruzeiro, somente na noite anterior ao desembarque e também são lançadas no seu cartão de consumo.

 

5. Refeições nos cruzeiros:

Na maioria dos cruzeiros, o sistema padrão é a pensão completa, ou seja, todas as refeições estão inclusas, exceto bebidas.

As bebidas alcoólicas e não alcoólicas são pagas a parte, ou caso prefira, poderá adquirir os pacotes de bebidas disponíveis.

Algumas categorias de cabine já incluem os pacotes de bebidas, vale a pena avaliar todas as opções quando reservar seu cruzeiro.

No seu cartão de consumo também estará indicado qual o seu restaurante e o turno para o jantar, isso vale para os restaurantes a la carte, o turno deve ser respeito para esses restaurantes.

No entanto, todas as refeições também podem ser feitas  no buffet de acordo com sua preferência.

Os restaurantes a La carte geralmente tem o menu assinado por chefes internacionais e cardápio diferenciado.

Você também poderá fazer as demais refeições (café da manhã e almoço), dentro do horário informado de atendimento.

Além dos restaurantes a La carte e o buffet incluso no cruzeiro, também existem os restaurantes temáticos que são pagos á parte.

Se você é um amante da boa culinária internacional, poderá apreciar ótimas opções gastronômicas, lembrando que estes restaurantes precisam ser agendados.

 

6. O que fazer no navio:

Bares: São Diversos bares espalhados por todo o navio, com diferentes temas e cardápios;

Cassino: Todas as noites aberto com muitas opções de jogos;

Teatro: Os espetáculos acontecem geralmente em dois turnos de acordo com a programação informada previamente, são shows baseados em espetáculos da Broadway.

Boate: Aberta também todas as noites;

Piscinas externas e internas: Na aérea da piscina também são oferecidas atividades pela equipe de entretenimento do navio (competições, danças, aulas, etc).

Academia: Para quem gosta de se exercitar, a academia também é bem equipada.

Todas essas atividades são sempre informadas na comunicação entregue todas a noites nas cabines, em alguns navios também podem ser acessadas através de aplicativos próprios.

Para quem gosta de mais exclusividade alguns navios como o Fantasia, contam ainda com a opção do Yatch Club com um serviço exclusivo para seus hóspedes.

 

Conclusões finais, como é estar em um cruzeiro no Brasil?

Algumas pessoas me perguntaram sobre enjoo no mar, eu achei super tranquilo, já havia feito um cruzeiro anteriormente fora do Brasil, então já havia passado pela experiência positiva.

Percebi que em algumas momentos o navio balançava bastante, talvez pela posição da minha cabine que era bem no fundo do navio.

Se você tiver problemas com enjoo ficar em cabines localizadas mais central pode ser um pouco melhor.

A sensação as vezes é como se você estivesse sempre bêbada, mesmo sem beber… tem gente que pode não achar tão ruim isso não é mesmo?

Sobre a tripulação do navio, eles contam com colaboradores de várias partes do mundo, inclusive brasileiros, mas para quem gosta de praticar outra língua como o inglês ou o espanhol, ta aí mais uma oportunidade.

Nota importante: Todas as informações acima,  foram baseadas na minha experiência pessoal no Navio MSC Fantasia, portanto se aplicam as regras da companhia, podendo haver variações de procedimentos nas demais companhias que operam aqui no Brasil.

Vou deixar aqui um vídeo do MSC Fantasia para que conheçam um pouquinho do Navio:

 

Agora me contem…ficaram com vontade de fazer um cruzeiro? Que tal deixar um comentários sobre o que achou do post? ficou com alguma dúvida?

Comenta também sobre qual tipo de conteúdo gostariam de ver mais por aqui!

No nosso instagram também tem muito conteúdo e fotos sobre essa e outras viagens, você já conhece? clica aqui pra seguir o blog por lá também.

 

Nos vemos no próximo!

See you.

Li.

 

Adm. de empresas e pós-graduada em gestão de pessoas, após vários anos trabalhando na area adm/financeira, hoje é editora do blog viajando nas delicias da vida e sócia da agencia Elegância Trips. Ama viajar, conhecer novos destinos e escreve no Blog sobre suas viagens, dicas, próximos destinos, shows e demais delicias que a vida pode oferecer.