10 Restaurantes e bares na Chapada, não deixe de passar por lá!

Como comentei no post anterior sobre a Chapada,  vou escrever sobre os restaurantes e bares que conheci e aprovei, não deixe de passar por lá se você estiver pela região.

A maioria dos restaurantes e bares por lá aceitam cartões de debito, alguns aceitam credito também, mas o sinal lá não é dos melhores, então a melhor opção ainda é o dinheiro para pagamento.

1 –  Vendinha 1961 – O melhor Pastel da Chapada dos Veadeiros  

O Vendinha foi o primeiro restaurante que visitei, gostei de cara do ambiente, bem gostoso e a noite ainda mais aconchegante com velas nas mesas e música ao vivo.

Já que a chamada é para os pasteis, pedi o mais tradicional da região, palmito com pequi (R$ 6,00).

O pequi é um ingrediente utilizado em muitos pratos de goiás, tradicional na região. Tem o sabor bastante marcante e peculiar.

A combinação com o palmito caiu muito bem e ainda acompanhado de uma cervejinha fica perfeito.

Além dos pastéis a casa oferece também vários petiscos, pratos executivos e caldos.

Bem frequentado e na principal rua de Alto Paraíso é parada obrigatória para todos os visitantes e moradores.

2 –   restaurante da nenzinha

O restaurante da Nenzinha fica em São Jorge, é um restaurante daqueles bem simples e comida caseira.

Tem a opção de comida por kilo (R$ 39,90) ou você pode pagar um preço fixo e comer a vontade (R$ 30,00).

O bom é que a comida esta sempre fresquinha mesmo você chegando as 16:00 da tarde, como foi nosso caso (fomos depois da trilha da Cachoeira do Segredo).

O cardápio é bem típico da culinária Goiana (arroz com pequí, galinhada com pequí, frango com pequí, carne de panela, a guariroba tipo de palmito amargo servido ao molho ou com frango), o angú (prato de mingau de milho salgado e temperado) Quibébe (ensopado de Mandioca temperado com pimenta de cheiro).

tia-nenzinha

3 – Restaurante Galileus – Comunidade Kalunga

O Restaurante Galileus – Comunidade Kalunga, fica em Cavalcante.

Cavalcante é onde fica uma das minha cachoeiras favoritas (A Santa Barbara) um lugar muito especial.

Antes de iniciar a trilha para a cachoeira nosso guia Elias passou pelo restaurante e já deixou encomendado nosso almoço, voltamos da trilha e já estava tudo prontinho.

Comida caseira e fresquinha (peixe, mandioca, farofa, salada, arroz, feijão) tudo a vontade por um preço fixo (R$ 30,00).

Você também tem a opção de tomar um suco natural das frutas da região, eu tomei o de buriti, delicia.

É uma ótima opção de refeição, com um ótimo custo beneficio e ainda contribuímos para a geração de renda para a comunidade.

4 – Ristorante La Vitta Bela

Saindo um pouco da simplicidade dos restaurantes anteriores, vou falar um pouco sobre esse restaurante italiano delicia no centro de Alto Paraíso.

Também na rua principal, o La Vitta Bela, tem no cardápio uma variedade de massas, inclusive vegetarianas e também caldos.

Escolhemos pizza, com uma massa integral fofinha bem gostosa, mas se você gostar de massa bem fininha é bom avisar porque a pizza mesmo fina e um pouco mais grossa.

Provamos a pizza do Chef (tomate, gergelim, azeitona, rúcula, abobrinha, berinjela, nozes e funghi) e também a pizza alla Ornella Muti (tomate, bacon, calabresa, mussarela e manjericão.

Também pedimos um vinho para acompanhar e perfeito.

A decoração é rústica, decorada com velas e com música ao vivo.

5 – Doceria Pirlimpimpim

Ah, eu simplesmente amei essa doceria!

recém-inaugurada na rua principal em Alto Paraíso, a Doceria Pirlimpimpim é um charme de lugar.

Toda a decoração foi feita carinhosamente pela proprietária Taissa Barros e sua família, é ela também quem produz os deliciosos doces e salgados vendidos lá.

Sem dúvida meu preferido eleito foi o Brownie com creme de cupuaçu, não é muito doce e o creme de cupuaçu dá o toque final, fica divino!

O preço super acessível também, dá pra pedir seu doce preferido e ainda tomar um cafezinho sem susto.

Atualização (2019) retornei ano passado á Alto Paraíso e infelizmente não encontrei mais a doceria Pirlimpimpin, uma pena, pois realmente os produtos e o atendimento eram maravilhosos, caso a casa tenha reaberto em outro endereço, envie a nossa localização para que possamos repassar aos nossos leitores!

7 – Restaurante Tapindaré

O Restaurante Tapindaré também fica em Alto Paraíso, na rua principal.

O restaurante faz parte do Hotel Tapindaré.

O almoço é por kilo, com uma buffet bastante variado, inclusive com opções de pratos vegetarianos, sucos e sobremesa.

8 – Sorveteria Fruta Flor

Se você gosta de saborear sorvetes, a Sorveteria Fruta Flor, tem ótimas opções.

Fica também na rua principal em Alto Paraíso e são várias opções de tipos e sabores.

Frutas da região, produzidos em Goiás e muito saborosos.

9 – Quirin Quirin – Hamburgueria Gourmet

Eu estive no Quirin Quirin, mas acabei não comendo o hambúrguer, apenas acompanhei algumas amigas para conhecer o local.

O forte são os lanches vegetarianos, preparados com ingredientes especiais e cuidadosamente selecionados.

Se você gosta desse tipo de lanche, vale a pena conferir.

10 – SANTO CERRADO RISOTERIA E CAFÉ

Deixei para o final o meu eleito para o topo dos melhores!

Claro que todos os locais que citei aqui são ótimos, cada um com sua particularidade e especialidade, mas o Santo Cerrado é um lugar muito especial.

santo-cerrado

O Restaurante Santo Cerrado Risoteria e Café fica na Vila de São Jorge, com uma decoração com móveis rústicos e arte espalhada por todo o restaurante.

Em cada detalhe você percebe algo diferente, feito especialmente para trazer delicadeza ao local.

Eu nunca gostei de risoto, mas uma vez estando em um restaurante onde o carro chefe é este prato, claro que não podia deixar de provar.

Consultamos o cardápio, muito bem elaborado e pedimos 2 risotos diferentes (já que estávamos em 3 pessoas e os pratos geralmente são para 2):

Caipira: feito com linguiça, queijo, e bacon e o Gorgonzola com pera.

Enquanto aguardávamos os pratos, pedimos um vinho para acompanhar e o aroma do preparo já preenchia todo o ambiente.

Como chegamos antes das 18h, a casa estava abrindo o optamos em ficar numa mesa na varanda, no andar superior.

Uma vista linda para o Parque Nacional e para o por-do-sol.

Quando os pratos chegaram uma certeza: o melhor risoto que já havia provado até hoje, os grãos no ponto certo e um sabor maravilhoso.

Para finalizar o delicioso Almojanta, pedimos para sobremesa brigadeiro, servido juntamente com uma beijinho com castanhas e um cafezinho, combinação melhor impossível.

A noite as velas são acessas por todo o restaurante e na entrada, completando o clima intimista e dando o toque final de charme para a casa.

É com todo esse charme e requinte se gasta um pouco mais do que em outros restaurantes por lá, mas ainda assim bem mais acessível do que um restaurante desse nível em outras cidades grandes.

Estando na Chapada você não pode deixar de conhecer!

Dica final

Para finalizar, a dica do salgadinho que você não pode deixar de provar lá.

O Salgadinho da Chapada, feito de gergelim!

20161104_131108

Gergiliko

Essas são algumas dicas de lugares para aproveitar a gastronomia da Chapada, se você já esteve por lá e conhece outras opções, deixe seus comentários pra gente!

See you,

Li.

8 comentários sobre “10 Restaurantes e bares na Chapada, não deixe de passar por lá!

    1. Li Souza Autor da Postagem

      Oi Adriana, tudo bem? Esse post escrevi na minha primeira visita em Alto Paraíso em 2016, retornei no ano passado e infelizmente a doceria já não estava mais funcionando. Uma pena, os doces eram realmente maravilhosos.

Deixe uma resposta

Seguro Viagem: Europa
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 22/dia*
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*