Minhas viagens

3 Noites em Bonito e 1 no Pantanal, uma experiência exuberante!

Olá viajantes! voltei de mais uma viagem apaixonada ainda mais pelo nosso Brasil. Foram 3 dias em Bonito e 1 noite no Pantanal, uma experiência exuberante!

Mesmo com um tempo bem reduzido porque foi um viagem rápida (no pantanal aconselho pelo menos 3 noites) foi realmente encantador.

Bonito e Pantanal, possuem uma riqueza de beleza impressionante e vou contar um pouco para vocês como foi essa experiência.

 

Um pouco sobre a cidade de Bonito

 

  • O nome Bonito, se originou do nome da Fazenda onde estava situado o povoado que deu origem a cidade: Fazenda Rincão Bonito;
  • Em 12.02.1927 foi fundado o distrito, passando a ser considerada cidade somente em 1948;
  • No entanto, o desenvolvimento do turismo na Cidade de Bonito começou somente em 1994;
  • Com um bioma predominantemente de cerrado e cerca de 21 mil habitantes, mais de 80% da população vive do ecoturismo;
  • Toda a região de Bonito, faz parte da Serra da Bodoquena, região com grande quantidade de calcário e magnésio;
  • A água de bonito está entre as 3 águas mais cristalinas do mundo;
  • Juntamente com: Jardim, Guia Lopes da Laguna e Bodoquena, integra o complexo turístico do Parque Nacional da Serra da Bodoquena;
  • Para preservar todo o sistema, a cidade possui um gestor de turismo, o Bonito Convention & Bureau que gerencia mais de 30 atrações turísticas na região.

 

Como chegar em Bonito

 

Os dois aeroportos que atendem a cidade de Bonito são:

 

Aeroporto de Bonito:

 

Apesar de ser a opção mais próxima, devido a frequência dos voos não ser diária, são mais caros.

Então, dependendo da época, vale a pena consultar e analisar o custo beneficio.

 

Aeroporto de Campo Grande:

 

O Aeroporto de Campo Grande fica á cerca de 300 km de Bonito.

Apesar da distância, é a rota que tem melhores valores nas tarifas, já que a frequência é diária e feita por várias companhias.

Fiz a viagem a partir de Campo Grande e o percurso até bonito foi feito via transfer.

O transfer durou cerca de 4 horas (fizemos uma parada para o almoço), o que deixou o percurso um pouco menos cansativo.

Uma outra opção para quem vem de Campo Grande é alugar um carro.

Se tiver disposição para dirigir, será uma boa opção, assim você fica com mais mobilidade na cidade para fazer os passeios.

Existe também a opção do ônibus, não muito indicada já que é um percurso longo.

Caso queira consultar o trajeto, ele é feito pela empresa Cruzeiro do Sul.

 

Quantos dias em Bonito? o que fazer?

 

Como disse ai em cima, são mais de 30 atrações turísticas na região, por isso se você ficar 7 dias por lá com certeza não irá faltar lugares incríveis para conhecer.

Meu roteiro foram de 3 noites em Bonito e 1 noite no Pantanal, faltou bastante coisa pra conhecer, então se tiver oportunidade fique mais dias.

Vamos ver como foi meu roteiro? Lá vai:

 

Dia 01 – Chegada

Chegamos em Campo Grande por volta das 11h30 da manhã (nosso voo atrasou 2 horas, devido á um problema na decolagem).

O transfer para Bonito durou cerca de 4 horas, incluindo uma parada para almoço.

Chegamos no Hotel Marruá, já no final da tarde.

Quarto hotel Marruá

A noite, o Jantar foi no restaurante Casa do João.

Restaurante Casa do João

 

O Restaurante Casa do João é um dos mais tradicionais na cidade.

Oferece um menu Pantaneiro com várias opções no cardápio, inclusive a tão famosa por lá … carne de Jacaré.

Confesso que provei e achei o sabor bem parecido com frango, só um pouco mais firme.

O ambiente é bastante agradável.

A equipe formada por Bonitenses e bonitinhos (são os que vieram morar em Bonito) atendem com todo carinho para que realmente os visitantes possam se sentir em casa.

Além do restaurante existe também uma lojinha com artesanatos e lembranças locais.

 

Dia 02 – Gruta de São Miguel e Passeio de Bote

 

No Segundo dia, tomamos café da manhã e partimos bem cedo para a Gruta de São Miguel.

 

  • A Gruta de São Miguel

 

A Gruta de São Miguel, fica a cerca de 18km de Bonito, cerca de 1 hora devido á estrada de terra.

O passeio é de contemplação das formações únicas esculpidas nas rochas pela ação da natureza de milhares de anos.

Os grupos de visitação são no máximo de 15 pessoas, de acordo com a ordem de agendamento.

Antes de iniciar o percurso, os visitantes assistem um vídeo explicativo sobre passeio, normas de segurança e demais informações para que tudo seja realizado dentro das normas de segurança.

O passeio se inicia com a caminhada sobre uma ponte suspensa, são 150m até o segundo mirante e depois mais 150m até o inicio das visitações nas cavernas.

Não existe iluminação artificial nas cavernas, por isso alguns integrantes do grupo recebem lanternas para melhor visualização das formações.

Todo passeio é feito com guia credenciado, sendo obrigatório o uso de tênis ou papete.

Crianças são permitidas a partir de 5 anos e duração aproximada de 90 minutos.

 

  • Passeio de Bote pelo Rio Formoso

 

O passeio de Bote pelo Rio Formoso, é um dos passeios mais tradicionais em Bonito.

É um passeio bem tranquilo e divertido, dá para relaxar e curtir com a família e/ou amigos.

A saída para a atividade é no Eco Park, que fica cerca de 12km de Bonito.

Os botes tem capacidade de 12 pessoas. São aproximadamente 5 km de trajeto passando por 3 cachoeiras e 1 corredeira, tem também uma parada para banho.

O Bote possui cordas laterais e os monitores passam as orientações de como se posicionar em cada momento do passeio (descidas de cachoeiras e corredeiras) para evitar quedas.

O passeio dura cerca de 90 minutos e ao termino os visitantes podem utilizar os demais atrativos do balneário.

As outras atividades disponíveis no Balneário são: Boia Cross e o Stand up Paddle, como o tempo era corrido não conseguimos conhecer, mas também são feitas pelo Rio Formoso.

Vou deixar um trechinho de nosso passeio aqui pra vocês:

 

Dia 03 – Flutuação Nascente Azul e Balneário do Sol

 

O passeio para a Nascente Azul foi muito especial, um dos mais frequentados pelos visitantes de Bonito.

 

Sobre a Nascente Azul

 

A Nascente Azul se localiza a aproximadamente 30 km de Bonito.

A área antigamente destinada á criação de gado, foi recuperada e após um período de 4 anos de recuperação foi aberta em 2012.

O complexo tem 4 atividades principais: Flutuação, Balneário Nascente Azul, Nascente Azul Adventure e Mergulho com Cilindro no Lago da Capela.

As atividades são vendidas separadamente, sendo a Flutuação o passeio mais procurado.

A estrutura conta também com um restaurante, com pratos típicos da região, eu particularmente gostei bastante do cardápio e super recomendo.

 

 

  • A flutuação

 

Como todos os passeios em Bonito, a Flutuação também tem rígidas normas de segurança e quantidade máxima de pessoas por grupo.

Antes de começar o passeio, são passadas todas as informações sobre o passeio, normas de segurança, equipamentos obrigatórios e sobre o trajeto e trilha que iremos percorrer ate chegar ao ponto de flutuação.

Iniciando a trilha…

 

O passeio se inicia com uma trilha de cerca de 300 metros, passando por uma rica flora e também por uma cachoeira de tufas calcarias conhecida como travertino.

Durante a trilha o guia do grupo passa várias informações sobre a fauna e flora do local até a chegada no ponto onde são distribuídos os equipamentos para a flutuação.

Após a colocação da roupa e dos acessórios a trilha continua ainda por cerca de 1500 metros, até a chegada ao ponto de treinamento.

O treinamento é realizado para que os principiantes possam se adaptar a respiração e a mascará de snorkel que é utilizada para a flutuação.

Tudo muito bem orientado e sempre com o guia presente para auxiliar em qualquer dúvida ou dificuldade que o visitante possa apresentar.

Após o treinamento seguimos para a tão esperada flutuação, alguns metros mais acima do Rio.

A flutuação permite a contemplação de uma beleza incrível da natureza, uma variedade de peixes e cores sensacionais.

Caso o visitante queira, é permitido retirar o colete e descer em apneia (mergulho pretendendo a respiração) até um pouco mais próximo da nascente do Rio.

Após esse momento inicial os coletes são recolocados e inicia-se a descida pelo Rio por cerca de 300mts de flutuação.

Chegando ao final da flutuação os visitantes são levados em um veiculo de apoio até o ponto de entrega da roupa e dos equipamentos.

 

  • Pêndulo Humano e Tirolesa

 

Como mencionei no complexo Nascente Azul existem outras atividades que o visitante pode adquirir separadamente.

Como o Pêndulo Humano e a Tirolesa.

As atividades são realizadas com o acompanhamento dos monitores e também seguem todas as normas de segurança.

A torre de aventura fica bem próximo ao ponto onde se retira os equipamentos para a flutuação, então para chegar até o caminho é o mesmo.

A Tirolesa tem 450mts de extensão, sendo considerada a maior tirolesa do Mato Grosso do Sul, são 60 segundos de descida com uma paisagem linda da Serra da Bodoquena.

Já no Pêndulo, o visitante é elevado á uma altura de 12m e de repente solto lá de cima, uma duração aproximada de 2 minutos.

Existem algumas restrições de peso, altura e idade que devem ser observados antes da contração da atividade.

Além dessas atividades citadas, ainda tem o mergulho (esse infelizmente não tive tempo de conferir) e toda a estrutura do Balneário.

Balneário do Sol

O Balneário do Sol  está localizado ás margens do Rio Bonito , a cerca de 12km do centro de Bonito.

É uma área de lazer com diversos tipos de atividades para passar um tempo agradável em meio á natureza.

Suas águas cristalinas são ótimas para o banho, além de toda a estrutura para adultos e crianças se divertirem durante todo o dia.

As crianças adoram porque é possível tirar fotos com Búfalos, Lhamas, Pôneis, Araras e Macaquinhos.

 

Última noite em Bonito

 

Em nossa ultima noite em Bonito, saímos para explorar o centro e  fazer comprinhas.

Também visitamos a famosa a Taboa e claro provar o doce de Jaracatiá (bem tipico da região).

O grupo taboa é composto pelo Bar e Restaurante, Atelie e Boutique.

Vale a pena colocar no seu roteiro uma passada por lá.

Dia 04 – Cachoeira Serra da Bodoquena e Pantanal.

 

No quarto dia nos despedimos de Bonito e partimos para o Pantanal.

Mas antes passamos para conhecer a Cachoeira Serra da Bodoquena, que fica a cerca de 72 km de Bonito.

 

Sobre a Cachoeira Serra da Bodoquena

 

O atrativo está localizado no município de Bodoquena, bem próximo á entrada do Pantanal.

São  400 alqueires  em sua totalidade, sendo 350 de mata preservada e áreas em recuperação.

Como está próximo do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, a flora e a fauna é bastante rica, o que pode ser percebido durante as trilhas.

A Fazenda oferece uma estrutura para se passar o dia, com as atividades: Passeio de caiaque, trilha com cachoeiras e visita as grutas.

Uma outra opção é se hospedar na fazenda que possui 22 apartamentos.

Como nosso tempo era pouco, fizemos a trilha pelas cachoeiras.

 

  • As trilhas

 

O percurso pelas trilhas inicia-se na sede da fazenda.

São 2,500mts de trilha leve a moderada, com 8 paradas para banho nas cachoeiras e piscinas naturais do Rio Betione.

após o passeio pelas trilhas almoçamos no próprio restaurante na sede, cardápio tipico da região e seguimos para o Pantanal.

 

Chegada no Pantanal

 

Chegamos no Pantanal já com o por-do-sol.

Nossa hospedagem foi na Fazenda Pequi em Aquidauana, a 180 km de Campo Grande.

A Fazenda possui um ambiente e estrutura bem familiar.

A pensão é completa e inclui os passeios de acordo com o número de noites que o hospede irá ficar.

 

  • Focagem noturna

 

A noite saímos para fazer a focagem noturna, para observar os animais durante a noite.

O transporte é feito em uma jardineira, com lanternas para visualizar melhor os animais encontrados.

Nessa noite conseguimos observar muitos jacarés tanto nas partes alagadas,quando nas mais secas.

O mais impressionante pra mim foi o céu do Pantanal.

Quando o carro parou e apagou todas a luzes, olhei para o céu e vi o céu mais lindo até hoje na minha vida.

Todas as constelações, via láctea, os signos, tudo!

Foi realmente uma visão impressionante e um momento único de agradecer a Deus por esse presente lindo que temos, a vida!

 

Dia 05 – Safári e passeio de barco pelo Rio Aquidauana.

 

O Safári e o passeio de barco pelo Rio Aquidauana, são 2 das atividades oferecidas pela Pousada Pequi.

Além dessas atividades também estão disponíveis:

Tour a cavalo, tour fluvial, pesca de piranhas, lida de gado, caminhada ecológica, ordenha, observação de pássaros e passeio de charrete.

 

  • Safári

 

O safári fotográfico também é realizado no mesmo carro que a focagem noturna.

E consiste na observação dos animais durante o dia.

O guia vai durante o percurso falando sobre a fauna, flora e história da região.

O ponto mais emocionante desse passeio foi conhecer de pertinho os jacarés, com direito á foto e tudo.

 

  • Passeio pelo Rio Aquidauana

O passeio é bem tranquilo!

Durante o percurso que dura cerca de 1h30 o condutor também vai contando sobre as histórias da região.

É possível observar diversas aves e animais durante o percurso.

É um passeio contemplativo.

Temos a oportunidade de ter uma outra visão do nosso Brasil, cheio de belezas e cultura.

 

 

Esses foram os lugares que visitei e já foi o suficiente para querer voltar e fazer os vários passeios que ficaram faltando.

Mas viagem é assim, sempre fica um gostinho de quero mais!

Espero que tenham gostado e que este post ajude a compartilhar um pouquinho do que vi por lá com vocês.

Agora peço que deixem seus comentários, sugestões ou até mesmo críticas, assim podemos ajudar outros viajantes em suas viagens.

Não esqueçam de nos acompanhar também em nossas redes sociais e qualquer dúvidas que tenham podem deixar aqui nos comentário.

 

Um super beijo e até o próximo post!

 

See you,

 

Li.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Adm. de empresas e pós-graduada em gestão de pessoas, após vários anos trabalhando na area adm/financeira, hoje é editora do blog viajando nas delicias da vida e sócia da agencia Elegância Trips. Ama viajar, conhecer novos destinos e escreve no Blog sobre suas viagens, dicas, próximos destinos, shows e demais delicias que a vida pode oferecer.

14 Comentários

Deixe uma resposta