Uma experiência única pela Amazônia.

Por do sol

Por do sol visto do barco.

Já imaginou vivenciar uma experiência única pela Amazônia?

Recentemente um casal de amigos muito queridos (Dani e Aline) fizeram essa incrível viagem.

Eles compartilharam comigo um pouco dessa aventura, exótica para alguns, mas que me deixou bem empolgada em conhecer.

Como todos sabemos, o estado do Amazonas é enorme, localizado na região Norte do Brasil, abrange 62 municípios, mas aqui vou falar especialmente de Manaus, Presidente Figueiredo e da Reserva Mamirauá.

Conheça mais esse destino no Brasil, tão procurado por turistas de todo o mundo e ainda pouco explorado por nós brasileiros.

MANAUS

 

Algumas curiosidades sobre a capital do Estado:

 

  • A cidade de Manaus foi uma das primeiras no país a receber energia elétrica, tendo seu ponto alto na época da borracha.  Os “Senhores da borracha” investiam em grandes monumentos arquitetônicos como o Teatro Amazonas e o Porto Flutuante;
  • O nome da cidade é uma alusão aos índios Manaos que habitavam a região;
  • Fica na margem esquerda do Rio Negro, próxima ao encontro com as águas do Rio Solimões;
  • O encontro das águas dos Rios Negro e Solimões, cria um espetáculo único de alguns quilômetros, deslizando lado a lado até formarem o Rio Amazonas;
  • O Baré é o refrigerante mais pedido por lá.
  • O aeroporto Internacional de Manaus fica cerca de 14 km do centro da cidade.
  • O Porto fica localizado bem no centro da cidade de Manaus, com fácil acesso, inclusive através das linhas de ônibus.

A capital manauara esbanja, além de paisagens singulares, muito contato com a natureza e ainda opções culturais e gastronômicas.

Sendo a capital do estado, Manaus geralmente é a primeira parada quando se pensa no Amazonas, o Dani e a Aline fizeram uma parada de três dias para conhecer um pouco da cultura, gastronomia e pontos turísticos locais.

Dicas imperdíveis:

 

City tour  no roteiro, ajuda a não perder nenhum ponto importante e depois da pra voltar com mais calma naquele lugar que mais te conquistou.

O passeio do encontro das Águas, você consegue fazer com um guia, por um preço super negociável (tem de ver de pertinho no barco).

Visite o Museu da Amazônia (MUSA).  O museu vivo, como é chamado, foi criado em 2009, ocupando 100 hectares da Reserva Florestal Adolpho Ducke, uma área de floresta de terra firme e nativa. (tem uma torre de 42 mts que você consegue ficar acima da copa das arvores).

Vá ao Teatro Amazonas.

PRESIDENTE FIGUEIREDO

 

Presidente Figueiredo está localizado a 107 km ao norte de Manaus, você consegue fazer esse percurso de carro saindo de Manaus, portanto uma boa dica é a locação de um carro.

Se você gosta de cachoeiras, este é um daqueles roteiros de encher os olhos, são mais de 100 já catalogadas, diversos formatos, tamanhos, grutas, enfim cardápio completo.

Algumas trilhas é possível fazer sozinho com a ajuda dos mapas, mas você irá precisar de um guia para te ajudar nas trilhas mais extensas, o valor do guia varia, mas fica em torno de R$ 50,00 e se precisar de transfer em torno de R$ 150,00.

A cidade é bem estruturada, apesar de pequena,  conta com um centro de atendimento ao turista cheio de fotos e informações, importante dar uma passada por lá antes de iniciar sua expedição.

Em Presidente Figueiredo você irá encontrar uma beleza diferente, um cenário selvagem em meio a Floresta, o que torna esses locais únicos e diferentes de outras cachoeiras situadas nas demais regiões do Brasil.

Anota ai essas dicas para seu roteiro:

Dica: As cachoeiras mais lindas em Figueiredo ficam na Estrada da Balbina, fiquem atentos.

Aqui algumas delas:

RESERVA MAMIRAUÁ

 

Veja algumas informações sobre este local incrível:
  • A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá é uma unidade de conservação estadual com uma extensão de 1.124.000 ha, situada entre os rios Solimões, Japurá e Auati-Paraná;
  • É a maior área de mata de várzea protegida do mundo. Apenas 4% da Amazônia brasileira é área de várzea e a Reserva Mamirauá possui um papel-chave na proteção desse ecossistema;
  • Está inserida no Corredor Central da Amazônia, fazendo parte da Reserva da Biosfera da Amazônia, além de ser uma das reservas brasileiras reconhecidas pela Convenção Ramsar – que protege ambientes alagáveis de grande relevância;
  • Todos os anos a reserva passa por um momento de águas baixas e altas, sendo a variação entre os picos das duas épocas de cerca de 10 a 12m. O regime de inundações, a história geológica e a geografia do lugar fazem com que Mamirauá possua altos níveis de endemismos e de espécies muito peculiares;

E qual é a melhor maneira de conhecer a floresta? Hospedar-se nela!

Para se hospedar dentro da Reserva, existem os chamados “Hoteis de Selva“, o Dani e a Aline ficaram na Pousada Uakari.

Eu já havia pesquisado sobre o local, mas fiquei ainda mais empolgada em conhecer.

Vivenciar toda a riqueza da Floresta e ainda ter a oportunidade de conviver com os nativos da região, realmente deve ser uma experiência única.

A pousada tem uma rotina diária para os hóspedes:

Começa as 06:30 com o café da manhã, depois atividade (passeio, trilha, pesca ou passeio de canoa), almoço, atividade e jantar as 19:00h.  A noite também tem passeio noturno.

Entre as atividades está o incrível passeio de barco com direito ao por-do-sol, eu só vi fotos e fiquei apaixonada, imagine isso ao vivo!

Para maiores informações sobre pacotes para Uakari, clique aqui.

 

Veja também outras dicas que você pode incluir no seu roteiro de viagem:

 

CRUZEIRO AMAZÔNICO

 

Não podia deixar de falar aqui de mais essa opção absolutamente especial para se conhecer as delicias da Floresta Amazônica.

Essa opção oferece também todo o conforto de um hotel padrão 6 estrelas, com sistema all inclusive, com passeios até mesmo noturnos.

Aqui entra a oportunidade de ver os tão famoso boto rosa, personagem de várias lendas da região.

Se você quiser saber mais informações sobre o cruzeiro entre em contato nesse link.

ARQUIPELÁGO DE ANAVILHAS

 

Uma das belezas naturais mais surpreendentes do Rio Negro, no Amazonas, é o Arquipélago de Anavilhanas.

Um conjunto de cerca de 400 ilhas fluviais distribuídas nas áreas de Manaus e Novo Airão. São amostras da Floresta Amazônica distribuídas no imenso rio, que formam longos corredores de árvores flutuantes, quase como num labirinto.

O cenário se transforma durante ao longo do ano. Na época de cheia, de junho a novembro, as águas cobrem as árvores e surgem diversos igapés.

Já durante o período da seca as atrações são as praias que aparecem ao longo do rio.

RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

 

  • Beber água mineral;
  • Levar roupas leves e confortáveis, calçados para caminhadas, óculos de sol, capa de chuva, lanterna, protetor solar e repelente;
  • Atualizar as vacinas de febre amarela e tétano para viagem por todo o Brasil (válidas por 10 anos e carência de 10 dias).

 

Agradecimento especial aos meus amigos queridos Daniel e Aline que dividiram tudo isso comigo e me ajudaram a compartilhar com vocês!

 

Nossos viajantes - Dani e Aline!

Nossos viajantes – Dani e Aline!

 

Mais um destino na lista!! E vocês o que acharam? preparados para viver essa experiência?

See you!

LI.

 

 

Fontes acessadas para a pesquisa:

http://guiaviajarmelhor.com.br

http://oeldoradoeaqui.blogspot.com.br

http://uakarilodge.com.br/pt-br

http://www.manaus.am.gov.br

 

 

4 comentários sobre “Uma experiência única pela Amazônia.

    1. Li Autor da Postagem

      Aline, Obrigada por todas as informações e fotos! espero que possamos ajudar a divulgar um pouco esse lugar tão lindo aqui no Brasil e tão pouco explorado! thanks!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.