Cidade do México: um roteiro cheio de cultura, beleza e tradição

Quando falamos em México qual a primeira coisa que vem a cabeça? Aquele mar azul, areia branquinha e muita tequila? com certeza sim, mas esse país também é um roteiro cheio de cultura, beleza e tradição.

Saindo um pouco do cenário paradisíaco, vou falar sobre uma viagem que fiz para a Cidade do México, que apesar de ter sido rápida, muito enriquecedora, onde aproveitei para conhecer um pouco da cidade e da cultura do país.

Vou contar para vocês um pouco do que conheci, aprendi e me encantei por lá, uma cidade bem intensa, regada a muita musica, alegria e tequila!

A Cidade do México1384252_10202534512353263_1830726413_n

 

A Cidade do México é uma das maiores cidades do mundo, quando cheguei achei bem parecida com São Paulo (demorei umas 2 horas para chegar do aeroporto ao hotel, transito intenso).

São mais de 300 colônias (ou bairros) que compõem a cidade e fascina pela sua diversidade.

Alguns pontos turísticos estão concentrados no Centro Histórico, fiz um passeio a pé e fiquei fascinada com a arquitetura.

Praça da Constituição, ou Zócalo, como é conhecida,  Catedral Metropolitana, Palácio Nacional e a Zona arqueológica do Templo Mayor.

Nos casarões em estilo colonial existem vários museus, caminhando em direção ao oeste temos a Praça da República, onde fica o Monumento á Revolução e que tem no subterrâneo um museu próprio.

Um dos edifícios que conheci, onde  funciona o restaurante Sanborns – Casa de Los Azulejos, também conhecido como Palácio de los Condes de Orizaba, me encantou pela fachada toda revestida com graciosos azulejos talavera de Puebla e pelo seu interior inspirado na arquitetura colonial e barroca.

As atendentes, usam trajes típicos e transformam a atmosfera do ambiente num lugar bem aconchegante, muito mais do que um jantar, é um mergulho nas tradições locais.

Outro lugar bem divertido é a Praça Garibaldi, ali ficam dezenas de Mariachis, com suas músicas divertidas e bom humor.

Na Praça Garibaldi existem vários bares e também o Museu da Tequila e Mezcal – MUTEM, diversão garantida, são centenas de garrafas, com direito a historia da tequila e do Mezcal, no final você ganha uma dose de tequila e também pode aproveitar a vista para a Praça do restaurante do Museu tomando sua dose de tequila preferida.

Xochimilco

Xochimilco fica localizado no extremo sudeste da cidade, é onde você encontra os barquinhos coloridos que navegam pelos canais e jardins locais.

As chamadas Trajinera (embarcação de madeira) são consideradas Patrimônio Cultural da Humanidade e proporcionam um animado passeio regado a petiscos, tequila e muita música.

Geralmente estes passeios são durante o dia, mas como estive por lá bem nessa época de Outubro, próximo ao Dia dos mortos, fiz um passeio diferente noturno bem legal.

Día de Muertos

 

Uma outra coisa que achei interessante no México é com referencia ao Dia dos Mortos, ou Día de Muertos.

No Brasil também temos o dia de finados no dia 02 de novembro, mas de acordo com a cultura mexicana esta data não é sinal de tristeza e sim de comemoração.

Tristeza e alegria estão misturadas nesta tradição que se inicia em 30 de outubro até 2 de novembro, são confeccionados altares homenageando todos os falecidos, tudo é enfeitado e decorado, são preparados pratos especiais (como o pão de morto).

No ultimo dia acontece uma grande celebração, com comida, musica e também oração.  O dia dos Mortos no México é conhecido como uma das mais importantes celebrações no ano.

Inclusive um dos símbolos do México é a famosa caveirinha estampada em varias lembranças do local, inclusive camisetas.

Teotihuacán

 

No meu último dia na Cidade não podia deixar de conhecer esse importante sitio histórico.

Teotihuacán, a Cidade dos Deuses, fica a mais ou menos 50 Km ao nordeste da Cidade do México.

É a área arqueológica mais visitada do país e realmente é inexplicável a mistura de mistério e respeito que o lugar transmite.

É conservado ali vestígios de um dos povos mais importantes da Mesoamérica, são construções impressionantes.

As duas Pirâmides principais são as do Sol (a mais alta do complexo, com 243 degraus) e a Pirâmide da Lua.

Mas existem muitas construções que compõem todo o complexo arqueológico.

Como meu tempo era curto, escolhi subir a Pirâmide do Sol, la no Alto existe um ponto central onde você pode colocar o dedo indicador, se energizar e fazer um pedido.

Claro que segui a tradição e ainda trouxe minha pirâmide energizada porque energias positivas nunca é demais.

Não se sabe ao certo como a civilização de Teotihuacán foi extinta, já que quando os mexicas (astecas) descobriram o lugar, já não havia mais vestígios de povos, mas existe um grande respeito por tudo que essas construções representam.

Vale a pena um passeio sem pressa, com varias horas para andar por todas as construções e observar a riqueza arqueológica que esses povos deixaram.

Você também pode aproveitar outras opções de passeios que estão disponíveis no local como o passeio de balão, o Jardim Botânico ou a visita noturna.  Não tive a oportunidade de fazer, mas acredito que também deve ser incrível.

Restaurantes Típicos

 

Se você gosta de comida mexicana, irá se deliciar, são várias opções de gastronomia local.

Não deixe de provar o legitimo taco mexicano, só tome cuidado com a pimenta, já que o prato mais apimentado que você tenha comido aqui não vai chegar nem perto do normal de pimenta que eles costumam usar.

Eu adoro, então me esbaldei no cardápio, coloquei algumas fotos do que provei por la entre as comidas e bebidas aqui.

Ah, dica: Drink Bandeira Mexicana ou Banderita.

Por que Banderita? A bebida é formada por três bebidas, suco de limão, tequila e suco de tomate.

As cores verde ( do limão) branco (da tequila) e Vermelho (do suco de tomate) formam as cores de Bandeira Mexicana.

A seqüência para beber é , primeiro o suco de limão, depois a Tequila e pra finalizar o suco de tomate para refrescar.

Não deixe de provar. Faz parte da experiência!  Cheers.

Vejam só o vídeo de um dos restaurantes da região. La Chilanguita!

Agradeço aqui as minhas anfitriãs que me receberam tão bem e mostraram toda essa variedade cultural.

mexico

Thanks Thais, Janett, Erendira e Luciene!

E então o que acharam de conhecer um pouco mais sobre a Cidade do México?

Deixe seus comentários sobre o post, ou dicas caso também já tenha estado por lá!

See you!

 

Li.

 

4 comentários sobre “Cidade do México: um roteiro cheio de cultura, beleza e tradição

    1. Li Autor da Postagem

      Com certeza Aline… muito bom compartilhar um pouco de toda a riqueza que recebemos em cada viagem. Obrigada por nós visitar e deixar seu comentário. Super beijo!

  1. Raj

    Looks like an amazing place and such a wonderful tour and description by Eliane! It makes me feel like going to Cidade De Mexico!
    Eliane you are a star! Looking forward to many more of your reports on the exciting destinations!
    Raj
    United Kingdom

Deixe uma resposta

Seguro Viagem: Europa
GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 22/dia*
TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*